terça-feira, 10 de junho de 2014

A Máquina


Será que um dia
Inventarão uma máquina
Capaz de amar por nós
Que sozinha produzirá
Microchip's de felicidade
Que gere gotículas de prazer
Cápsulas de alegria
Capaz de dar carinho
Ser companhia e conversar?

Será que um dia
Seremos tão insignificantes
Tão amargos e sem sentimentos 
Incapazes de ações de amor
Que a máquina nos substituirá
E seremos banidos do universo
Apenas pelo orgulho idiota
De não nos permitir amar...


*IRGA*




Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "O Robô - Toquinho".
Ilustração: Google Imagens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário