quinta-feira, 13 de março de 2014

Quero tu!

 
Quero...

Teu calor incendiando meu corpo
Tuas mãos em meu corpo
Fica sem ação perante ti
Entregar-me somente a ti
Tocar-me para ti
Ser amante desse amor
Misturar nossa cor
Tu dentro em mim
Nosso desejo mais íntimo
Nossos sonhos mais belos
Prazeres não ainda revelados
A intimidade secreta
Tu rígido aqui
No silêncio de palavras
Traduzidos por gemidos
Delírio é o limite
Quero apenas tu...



... IRGA.


Autora: Daiane Vieira.
Música de fundo: "Se te pego te envergo - Sorriso Maroto"
Ilustração: Google Imagens.

quarta-feira, 12 de março de 2014

Estou aqui...

Durante todo o dia
Em forma de sol
Clareias meu caminho
E mesmo ao cair da noite
Te transformas em lua
E iluminas minha escuridão
Nossos olhos se encontram
Em formato de estrelas
Que através da janela
Olho pro céu, te vejo
E quando também vens
Em foma de vento
Tocando o "intocável"
Meu corpo teu...
 Sinto um arrepio na alma
Sem medo, não me assusto
Suspiro com prazer teu toque
Pois bem sei que és tu
Com a força do nosso desejo
No movimento do vento
Tocas minha alma...
Mãos veludas e macias
E no suave canto
De um pássaro solitário
Ouço tua voz dizendo:
"- Mor, estou aqui!"


*IRGA*


Autora: Daiane Vieira.
Música de fundo: "Linda Demais - Roupa Nova"
Ilustração: Google Imagens.

quinta-feira, 6 de março de 2014

Achando-nos...


Tristeza grande nos olhos
Lágrimas pelo rosto
Cabeça inclinada para baixo
Olhando pra mim mesma
Abraçada a imensa solidão,
Saí em direção ao nada
Foi então que senti você
Que chegou com o vento
Vindo em direção a mim
Parecia também sem rumo
Enfim, nos achamos
No meio do caminho
E de joelhos minha alma
Em súplicas implora:
Fique aqui comigo,
Por favor não vá embora! 
No embaraço desespero
Agarrada a ti agora
Tu já não estava perdido
Confortado em meus braços
Acariciavas minha alma
Surgi uma suave paz
Seria a resposta da tua alma
Ao pedido humilde da minha?
Confirmaram teus lábios:
Não te deixarei jamais! 
De mãos dadas seguimos, 
Na longa estrada da vida... 


"Ao meu noivo, Srto. Aita." 



Autora: Daiane Vieira.
Música de fundo: "Quase sem querer - Legião Urbana".
Ilustração: Google Imagens.

segunda-feira, 3 de março de 2014

Uma linda cena...

                           
          Uma cena linda me chamou a atenção, então fiquei a observar, como alguém na platéia de um teatro... Era um casal de idosos, tinham por volta de 80 anos de idade, que sentaram sozinhos em uma mesa de um barzinho perto da beira mar. Ao chegar, o Sr. educadamente, fastou a cadeira em modos de cavalheirismo, para sua Sra. e em seguida, sentou-se ao lado dela, não na forma alinhada das cadeiras à mesa, ele pegou sua cadeira e colocou do ladinho coladinho a dela, e os dois de frente para o mar... A garçonete se aproxima e pergunta: Qual o pedido? A Sra. olha para seu Sr. e diz: Meu querido, vamos pedir o que? O Sr. paga na mão de sua Sra., olha  para a garçonete e diz: Uma cerveja bem gelada e um copo para ela, dois caranguejos no coco para e uma porção de babata-fritas para nós e uma cerveja sem álcool para mim e não precisa de copo! A Sra. A garçonete anota o pedido e sai. A Sra. olha para seu Sr. toca seu rosto com carinho e um doce sorriso e diz: Obrigada meu querido, por me conhecer tão bem! Percebi que ela tinha problemas auditivo, pois ele sempre repetia o que falava, até ela entender, mas não o vi se aborrecer em momento algum e sempre o vi falar com um tom de carinho... Repetiram as bebidas e depois de um tempinho ele pediu a conta, ele repetiu 3 vezes o valor para ela, que estava com a carteira dele. Ela abriu uma bolsa de mão, retirou a carteira e em estendeu a mão para entregá-lo, que suavemente gesticulou com a cabeça em sinal de não, então ela abriu e pagou a conta. Ele olhou para ela, levantou-se, estendeu a mão para ela e fastou a cadeira com gentileza, e saíram de braços dados, entrelaçados... Seguiram em direção ao mar, molharam seus pés, afastaram-se da areia molhada, sentaram e ficaram juntinhos, conversando e observando o mar... Deram um beijo suave, com carinho e ficaram sentados, ela com a mão na perna dele, segurando uma mão dele e ele com o outro braço em volta dos ombros dela, como casal de namorados, eternos namorados...

Que essa história se repita também conosco e com muitos outros casais que se amam de verdade e que querem ficar juntos por toda a vida e eternidade... É assim que nos vejo no futuro, meu noivo lindo, maravilhoso e que eu o amo mais que tudo...

Srto. Ícaro Aita!



Autora: Daiane Vieira.
Música: "Luz acesa - Ana Carolina"
Ilustração: Google Imagens.

sábado, 1 de março de 2014

Chegastes...


Em minha vida chegaste
Como num passe de mágica,
Logo me ganhou inteira
E a mim confiastes
A tua vida por inteira...

Eu simplesmente sei
Que muito te amarei,
Coração, alma e corpo
Eu completamente sei
Que a ti já os entreguei!

Pessoa mais especial
Por toda minha vida
Sei que não haverá,
Minha vida, único amor!
Você sempre será...

Minha esperança de vida
Sonho mais que desejado
Minha maior felicidade
Minha paixão indomável
Amor por Deus selado...


*IRGA*


Escrito por: Daiane Vieira.
Música: "Apareceu você - Wanessa"
Ilustração: Google Imagem.

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Desejo de ser mãe...

 
          O desejo de ser mãe me consome, a cada dia com mais intensidade... Um desejo que vem da alma, que nunca escondi de ninguém, mas que vem crescendo dentro de mim, que me toma e me enche de paz e felicidade, que me faz querer cada vez mais, realizar esse desejo imenso que é o de ser MÃE!!! Já tenho em mim e aumenta incontrolavelmente, esse desejo, prazer e amor incondicional, de amar, proteger e cuidar... Antes mesmo de ver seu rostinho, antes de ouvir seu choro, de tocar seu corpinho pequenino... Não é simplesmente ter um filho, é o prazer infinito de sentir dentro de mim, uma vida que se inicia, saber que dentro de mim batem dois corações no mesmo ritmo, sentir mover-se dentro de mim, o maior de todos os milagres... É o prazer de esperar nove meses por seu nascimento, a ansiedade para tê-lo, segurar em meus braços e beijar seu pequenino rostinho... Não é apenas dar a luz a uma criança, mas o prazer único e múltiplo de ouvir seu primeiro chorinho, ver seu primeiro risinho, amamentar com o leite dos meus seios, dar banho, trocar fraldinhas, colocar roupinhas fofinhas e lindas, perfumar, levar para passear... O prazer incalculável de poder acordar no meio da madrugada com seu choro e saber que eu posso transformá-lo em sorrisos, preparar mamadeira, colocar pra dormir em meus braços, balançando, deitar ao lado e cantar musiquinhas e contar estorinhas... A dádiva de poder ensinar seus primeiros passinhos, e ouvir falar as primeiras palavrinhas, ver nascer os primeiros dentinhos, dedicar meus dias, minhas noites, ficar horas sentada no chão, no jardim, brincando, espalhando brinquedos pela casa, crianças lindas, felizes e saudáveis, correndo de um lado para o outro, gastando energias e espalhando felicidade e amor no nosso lar... O prazer satisfatório de poder criar, educar, compartilhar a vida, ensinar o que é certo e errado, guiar seus passos... Ser sua protetora, defensora, acolhedora... Sei que não sou perfeita, tenho falhas, defeitos e erro as vezes, mas prometo me dedicar para ser seu motivo de orgulho, sua heroína, seu maior e melhor exemplo, sua melhor amiga, companheira e cúmplice em tudo, a pessoa pra quem vai correr para abraçar, mesmo que seja repreendido ou elogiado, independente de qualquer coisa, darei o melhor de mim para ser a mãe perfeita...
Mas nada disso aconteceria, teria sentido, seria completo e perfeito, se eu não pudesse compartilhar esse sonho lindo com o homem que mais amo, meu noivo... Tê-lo ao meu lado, Ícaro, só aumenta a intensidade desse sonho e o torna mais real, porque és tudo o que desejo em um homem, és o marido e o pai perfeito... Tu é o primeiro presente maravilhoso que Deus poderia me dar, o segundo, terceiro... Serão nossos filhos, os frutos do nosso amor verdadeiro, de duas almas que se amam, um laço eterno de amor ágape, um pouco de mim e de ti, formando um só ser, e podê-lo chamar de: NOSSO FILHO! 

O prazer insubstituível, de ouvir: Mamãe e papai..
Eu te amo muito, minha vida!!

*(Mini Dai... Mini Ícaro)*
"IRGA"


Autora: Daiane Vieira.
Música de fundo: "Que bom você chegou - Bruna Karla".
                                 "Ma - Guru Ganesha Singh".
Ilustração: Google Imagens.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Teu corpo...


Quero matar minha sede
Com teus beijos molhados
Quero matar minha carência
Desarmada em teus braços
Entregue por completa a teu corpo
Submissa a tuas vontades
Quero teu suor com o meu
Misturados ao nosso cheiro
Quero tuas mãos firmes em mim
Sentir tua pegada forte
Ser dominada por ti
Penetrar num mundo a dois
De prazer e desejos apenas
Quero saborear teu corpo
Realizar nossas fantasias
Me deliciar de ti
Dizer que te amo demais
E com apenas um suspiro
No som de gemidos duplos
Traduzir o prazer que me dás...

Apenas tu, Srto. IRGA!!



Autora: Daiane Vieira. 
Música de fundo: "Se eu te pego, te envergo - Sorriso Maroto"
Ilustração: Google Imagens.