sábado, 19 de julho de 2014

Sentindo-me amada

Srto. Ícaro Aita!

Hoje, nada em minha vida faria sentido, se no meio de tanta gente, em meio a tantos vendavais da vida, eu não tivesse te encontrado, Ícaro. Não há nada em mim que não tenha um cadinho de ti... E não há palavras em mim, que não seja pra tentar traduzir esse amor gigantesco que tenho aqui dentro da minha alma por ti, mor. Se hoje eu sou feliz, é porque tenho você ao meu lado, porque me sinto tão amada e tão especial em tua vida, como tu és pra mim, em minha vida... E nada, absolutamente nada nesse mundo, é capaz de me fazer sentir tão bem, como me sinto quando estou contigo, e só de saber que tu é meu, eu já me sinto privilegiada demais, por tamanho amor e dedicação que tens para comigo. Tudo o que faltava em mim, tudo o que eu necessitava para viver e ser feliz, só encontrei em ti. Só tu foi capaz de preencher o vazio imenso que havia em minha alma, só tu foi capaz de trazer cor, brilho e luz a minha vida pacata, escura e triste. Só tu foi capaz de me devolver a vida, os risos, as alegrias, a vontade de viver, a esperança de felicidade... Só tu conheceu meus segredos, sabe cada um dos meus defeitos, minhas fraquezas, tu conhece meu lado amargo, triste e chato, e mesmo assim, quis ficar ao meu lado, permaneceu comigo, me deixou ser como sou e quem sou de verdade, e me permitiu ir além de entrar na sua vida, me permitiu tocar sua alma e conhecer o quão especial, impar e maravilhoso és tu, perfeito, mesmo com cada defeitinho, lindo de todas as formas, por dentro e por fora, meu amor. Já não sei viver sem ti mor e nem quero, tu é meu coração batendo dentro de mim, meu ar, minha vida, e mesmo que tentem, nada nem ninguém vai mudar o que sinto por ti, quero ser dependente, prisioneira e amante desse nosso amor... Obrigada por fazer parte da minha vida e me fazer a mulher mais feliz e amada que existe! Estou com tanta saudades mor, estou contando os segundos, pra te ter em meus braços, te beijar e te sentir... Beijo na boca, meu amor. Tu é meu amor maior, meu mundo, meu tudo e te quero pra sempre ao meu lado, e se pra sempre for muito tempo, quero viver pra sempre, por muito tempo, por toda a eternidade ao teu lado, nessa e em outras vidas... Eu só te quero e te desejo pra sempre ao meu lado, porque te amo mais que tudo em minha vida... Encontrar você, não foi apenas conhecer alguém com quem vou dormir e acordar todos os dias, é bem mais que isso, é ter um companheiro, cúmplice, amigo, alguém que eu sei que vai me amar e permanecer ao meu lado, faça chuva ou faça sol, que estará comigo até a morte e que sabe que me terá da mesma forma... Foi encontrar a felicidade, uma felicidade que eu nunca pensei que poderia sentir, é ter um amor que nunca pensei que fosse capaz de sentir, é ser amada de forma tão magnífica, que que nunca pensei receber amor tão puro assim... Simplesmente, te amo e sou completamente apaixonada pelo homem, um verdadeiro príncipe, que faz eu me sentir mais que amada a cada dia e que nunca me cansarei de dizer: TE AMO, MINHA VIDA! 

Com muito carinho, da sua noiva, mulher e esposa,

Daiane Vieira Aita.


(Dedicatória especial ao homem e amor da minha vida, meu noivo, Ícaro Aita.)




Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "Não vá embora - Marisa Monte"
Ilustração: Google Imagens.

sábado, 12 de julho de 2014

Tentativa


Te beijo com os olhos
E no vento, senti seu perfume,
Te abracei com a alma
E dediquei-me a ti por inteira
Entreguei a ti meu ser, minha vida
És único dono da minha felicidade.
Não sei traduzir ao certo,
Com exatidão em palavras
Esse montante incalculável
De sentimentos infinitos
Que já não os contenho...
E numa tentativa em te falar
Escrevo, falo, grito.
Movimento-me, fotografo,
Tento chamar tua atenção
Direcioná-la por completa
Apenas a sentir meu amor
Que é e será sempre só teu.
Afogar-nos nesse mar de prazer
E ter paz por toda eternidade,
Experimentar de verdade
O que enfim é felicidade!


"IRGA"



Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "Pra te fazer lembrar - Lucas Lucco".
Ilustração: Google Imagens.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

O que é o amor?



Muito se fala sobre "o amor". Muitos se dizem apaixonados, dizem amar, faz juras e promessas de amor infinito... Mas nada sabem, ou sabem muito pouco sobre amor e amar de verdade! 

Quem não gosta ouvir palavras bonitas? Quem não quer ouvir uma declaração, uma demonstração de amor? Todos querem ouvir de alguém especial: "Eu te amo". E virou epidemia atualmente dizer te amo. Todos querem carinho, querem viver de sorrisos e abundâncias... É fácil sorrir e dizer te amo, quando alguém nos presenteia, quando estamos flutuando num mar de rosas... Mas amar de verdade, ah minha amiga, requer bem mais que abraços folgados, beijinhos de agrado, corpinho bonito, esbanjar luxúria e sexo bom... Sabe porque muitos casais se separam atualmente? E porque muitos relacionamentos tem prazo de validade bem curto? Porque não há amor, não estão se amando de verdade. Não há sentimento puro e verdadeiro suficientes para passar pelas provações. Sabe o que está acontecendo? Muitos estão apenas aproveitando uma fase boa da vida, e quando essa fase passa, passa com ela o "amor" e se vai o relacionamento. Pouquíssimas pessoas, raríssimas mesmo, são as pessoas que amam com a pureza da alma... Não se perdura um relacionamento, apenas para manter um padrão de vida e status diante da sociedade. E sim, porque amamos tanto alguém, que não imaginamos mais nossa vida sem ele, quando nada faz sentido, se esse alguém não estiver ao nosso lado, diariamente... Quero ver esse "amor", que muitos dizem sentir, permanecer intacto, quando surgir os espinhos, quando for tirado do chão o tapete de veludo e restar apenas os espinhos na caminhada... Quero ver o sorriso doce no rosto, quando pra pegar numa flor, tiver primeiro que sentir seus espinhos... Amar de verdade, está além da capacidade de ver, falar, ouvir, tocar... Amar é sentir intensamente o que há de mais belo dentro da alma... Amar, é quando todos te apontarem o dedo, te chamar de louco, dizer que você não é capaz, que não vale a pena... E mesmo assim ela continuar lá, ao teu lado, dizendo: "calma, meu amor, isso vai passar, vai ficar tudo bem", e fazer por onde realmente tudo ficar bem. Amar, é quando falarem calúnias, levantarem falso, inventarem histórias, criarem situações maldosas... E ela permanecer contigo, e antes mesmo de você falar alguma coisa, ela vai te defender, sem duvidar nem por um instante, do seu caráter. Amar, é ficar dias, semanas e até mês, sem se falar, distantes fisicamente, por uma razão de força maior... E ela, mesmo sem notícias, sentir tudo o que tu sente, apenas pelos sentidos do amor, e saber exatamente como tu estás. Amar, é quando todos desacreditarem de você, e até tentarem te convencer a desacreditar de você mesmo... E ela vai está ao seu lado, mesmo sem dizer uma palavra, e você vai perceber, que ela nunca desacreditou de ti. Amar, é quando você enfraquecer, querer desistir, não tiver mais forças pra lutar, pra continuar e você tombar a cair... E ela, suavemente, vai te segurar pela mão, te encaixar em seus braços e não te deixar cair, e não vai apenas dizer que tu tem que ser forte e seguir, ela vai te estender a mão e caminhar ao teu lado, te protegendo e te fortalecendo a cada passo. Amar, é quando todos te virarem as costas, ou está ao teu lado apenas por obrigação ou por alguma vantagem, mas ela, ela nunca vai te abandonar, não por interesse, mas por te amar demais. Amar, é quando você achar seus sonhos impossíveis de se realizar, se achar pequeno demais, quando teus medos esgotarem tuas forças... Ela vai te fazer sonhar ainda mais alto, te mostrar que tudo é possível e que pequenos mesmo, são apenas os problemas, porque você é grande demais, você é do tamanho do seu sonho e que se sonhar mais, ainda pode crescer muito. As pessoas falam de amor, porque acham bonito, acham bonitinho, fofinho, lindinho, mas na verdade ignoram esse sentimento. Se você ama de verdade como diz, então tem que entender primeiro, o significado do amor, e é por isso que Deus nos permite passar por amargas e doces provações, para aprendermos o valor de quem está ao nosso lado. E então, você não vai abrir mão da pessoa que você mais ama na face da terra, você não vai abandona-la na primeira dificuldade que aparecer, e nem na segunda, e nem na terceira, e nem na milésima provação. Você não vai virar as costas pra ela, quando o mundo dela desabar, e mesmo que o seu mundo desabe junto, você ainda vai fazer ela acreditar, que o recomeço será muito melhor do que o que findou e de fato será. Amar de verdade, vai muito além de qualquer teoria, de qualquer texto redigido, de qualquer poesia, de qualquer música, de qualquer palavra, seja ela dita ou escrita. Amar é querer estar ali, sem obrigação nenhuma, mesmo podendo está em qualquer outro lugar, apenas por amar de verdade alguém, apenas porque esse alguém é tão especial e importante pra você, que lugar algum no universo, seria bom o suficiente, sem ele. Que será vazio demais e triste e que nada jamais o substituirá. Amar, é dividir o sofrimento, é dividir as lágrimas, é chorar e sorrir, é estar ao lado, juntinho, no momento de desespero, de dor, de aflição. É compartilhar o melhor da vida e fazer durar o máximo que puder. É mesmo com medo, fazer o outro perder seus próprios medos. Amar é se doar por inteiro, mesmo com medo de sofrer. É no sofrimento, encontrar um motivo pra sonhar e fazer desse sonho, o combustível para a caminhada. Amar, é está disposto a tudo com quem amamos, disposto a fazer alguém sorrir, é transformar as lágrimas de tristeza do amado, em sorrisos de esperança, mesmo quando em seu rosto houver lágrimas também. Amar, é não ser egoísta, é deixar a sua dor de lado, e cuidar da dor de quem amas, pelo imenso prazer de fazê-lo e vê-lo bem. Amar de verdade é permanecer ali, mesmo quando por medo e desespero, te mandarem ir embora. Amar é quando mesmo sem forças você levantar, dar as mãos, abraçar e caminhar junto... Recentemente descobri o que é o amor verdadeiro e confesso, não há nada que se compare, a um amor puro, simples e verdadeiro. Amar, se resume a fazer o outro feliz e encontrar nisso, a sua própria felicidade. Amar é não desistir, quando as coisas parecerem ter fim, é acreditar que sempre se pode ir além, mesmo quando não se ver mais saídas. É nunca desacreditar do sentimento verdadeiro, é nunca duvidar do que se sente, é não deixar morrer, nem apagar, tão pouco diminuir, o sentimento e a chama da paixão. Amar é acreditar, que todos os sonhos serão realizados a seu tempo, a seu modo. Que Deus tem um tempo certo para todas as coisas debaixo do céu. E que, por mais impacientes, inquietos e desesperador que nos encontrarmos, é preciso ser pacientes, ter calma e seguir em frente. Mas quem ama de verdade, não segue em frente sozinho, leva consigo o amado(a), mesmo que se tenha que caminhar devagarinho, se vá engatinhando, caminhando lentamente, mas nunca se deixa pra trás, nunca se deixe separar de quem amamos. Se você me perguntar se já vivi tudo isso, eu te respondo com toda sinceridade: "sim, estou vivendo, e garanto, sou feliz!" Porque apesar de todas as provas de fogo que Deus nos têm permitido passar, algo muito gratificante, me faz feliz, é saber, é ver, é ter certeza, através de atitudes que, quem eu amo me ama na mesma intensidade e que faz por mim, o mesmo ou até mais, do mesmo que faço a ele. Relacionamento é bom, amar é uma delícia, ser amado então, não tem palavras que descreva a sensação. E o melhor ainda, melhor de tudo, é passar pelas dificuldades e adversidades e no final de tudo, ver e saber que sou a razão do sorriso de alguém, que sou parte da felicidade de alguém, é a maior recompensa que eu posso ter. Poder dizer em tom gratificante: "Obrigada meu Deus, porque eu lutei, chorei, sofri e nem por isso, deixei de ser feliz". Porque o Senhor me deu um presente, que merece qualquer esforço e dedicação minha. Amar e manter um relacionamento duradouro, é revezar as forças de um relacionamento, sendo um forte para com o outro, e vice-versa, quando uma das partes sentir-se fraco. Amar, é está disposto a caminhar descalço entre os espinhos, a se molhar na chuva no meio das tempestades, só assim, você será merecedor(a) dos frutos do amor, desse amor. Se você não está disposto a permanecer ao lado da pessoa que ama, quando o mundo dela desabar, ou se quem você ama, não permanecer ao seu lado, quando seu mundo desabar, também não merecem está ao seu lado, quando reconstruir e refazer o seu mundo, quando depois da batalha chegar a vitória. Porque para se merecer o melhor de uma pessoa, é preciso estar com ela, nos piores momentos também. E é por isso, que há muitos casais que se separam, porque só estão dispostos a gozar do melhor de alguém, esquecem que na vida, tudo há um preço e no amor não é diferente,  sendo que esse, não se paga em dinheiro, dólar, cartão de crédito, jóias, importados ou quaisquer bens materiais, nenhum pagamento é tão suficiente, pra comprar amor, simplesmente porque amor não se compra, se conquista, e somente amor puro se é capaz de conquistar um amor verdadeiro. Amor é amor, se ganha amor dando amor, só se é feliz, vivendo o amor. E amar é tão complexo quanto simples e descomplicado. Amar não tem mistérios ou magia. Amar, é receber uma notícia triste, e transformá-la em motivação, para ambas as partes. É mesmo com medo, não ter medo de lutar. Amar, é caminhar na chuva, na esperança de dias de sol. É chorar, sabendo que o choro, também faz parte da alegria. É ter certeza, mesmo na incerteza, que no final, tudo valerá a pena... Porque amar, não é apenas dizer: "eu te amo". Amar, é ficar em silêncio e deixar as atitudes falarem por nós, e nem sempre acertamos mas atitudes, erramos muito por medo de errar, mas quem nos ama, entende e sabe quando erramos por inocência. E Amar, é como um jogo de "raciocínio lógico", onde quando tudo não tiver lógica ou razão alguma, o coração ser a única razão lógica, que nos guiará pelas incertezas da vida... Enfim, amor verdadeiro, não se define, não há manual de instruções... O amor é uma caixinha de surpresas, cada relação é diferente, cada situação é única, por mais parecida que seja. As formas de soluções é diferente, nem sempre o que funciona em um relacionamento, vai ter o mesmo êxito em outro... A única regra e exigências básicas pra uma relação bem sucedida é: respeito acima de tudo! Fidelidade, lealdade, cumplicidade, carisma, cuidado, atenção, dedicação e muita paciência. Domínio das palavras, pra não magoar quem amamos, saber ouvir atentamente cada palavra, saber interpretar quando um sim é não e vice versa. Entender olhares, gestos, silêncio... E principalmente, analisar atentamente cada situação antes de tomar decisões. É ter humildade para reconhecer um erro, simplicidade para pedir algum, sinceridade ao falar e jogo de cintura ao usar as palavras. É ser forte o suficiente para perdoar e ver, que certas coisas, é melhor esquecer, por ser tão insignificantes e nada ter a acrescentar de bom. É ser sábio, para entender o tempo certo para cada coisa.  É ter coragem e muita fé em Deus, pra nunca desistir e acreditar sempre, que o amor está acima de tudo... Amar é lidar com a distância, com a ausência, com as indiferenças... É amar qualidades e sobretudo os defeitos. É parar de pensar no "eu" e passar a pensar no "nós". Porque em um relacionamento, quando se ama de verdade, somos apenas um, divididos em dois corpos. É panejar e desejar a dois. E principalmente, amar o próximo, amar intensamente, como sendo único no universo e dedicar-se de alma, corpo e coração ao companheiro(a)...

Desejo muita paz, amor e felicidades a todos... Porque é tão somente isso que desejo a mim mesma e a quem mais amo nesse mundo.

Felicidades a nós mor... IRGA



Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "Um amor puro - Djavan".
Ilustração: Google Imagens.

sábado, 5 de julho de 2014

Não sei de ti


São 03:45 da madrugada
Estou simplesmente desesperada
De ti nem fumaça
E eu só na cozinha
Fazendo chá de camomila
Procurando algo que acalme
Qualquer coisa que alivie
Em mim essa agonia
De não saber de ti
Essa dor que não passa
Por não te ter aqui
Tento segurar firme
A caneca que parece
Sambar em minhas mãos
De tão trêmulas
Com a visão já turva
Pelas gotículas que o inundam
E a cada batida do coração
Aumenta mais meu desespero
As horas passam lentamente
E deixa comigo essa agonia
Com lágrimas de tristeza no rosto
Preocupação e saudade aumentam
E eu sozinha aqui
Simplesmente não sei de ti...


"IRGA"




Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "Guerra Fria - Sorriso Maroto & Jorge e Mateus"
Ilustração: Google Imagens.

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Necessitamos de um "alguém"


A gente sempre precisa de alguém, ninguém nasceu pra viver e morrer sozinho. Ninguém está sozinho porque é feliz sozinho. Necessitamos de alguém ao nosso lado, essa é a verdade, mas não precisamos de qualquer pessoa, ou de uma pessoa que esteja apenas por está, também não precisamos de uma pessoa diferente a cada dia, a gente só precisa de uma, de uma única pessoa, de alguém que fique ao nosso lado e que permaneça. Necessitamos de alguém, que mesmo quando as coisas deem certo ou errado, que mesmo que ela tenha todos os motivos  para ir embora, simplesmente escolha ficar, sem que seja implorado ou suplicado sua presença, mas apenas porque sabe que é ali o seu lugar... Porque quando amamos, lutamos, sofremos, aguentamos, insistimos, perdoamos, e as vezes até mesmo nos sentimos cansados, não da pessoa que está ao nosso lado, mas das turbulências do dia a dia. Mas nunca desistimos de um amor puro, sincero e verdadeiro. Mas quem disse que amar é só isso, chorar e sofrer? Se insistimos numa relação, é porque somos felizes, sorrimos, sonhamos, desejamos, queremos, e acima de tudo, amamos e nos sentimos amados... Assim como tudo na vida, no amor, também passamos por bons e maus momentos, no trabalho, faculdade, entre família, amigos, em tudo se há turbulência. Não queira alguém apenas pra não está só, queria alguém porque esse alguém também te quer mais que tudo. Não tenha alguém ao seu lado forçado, o tenha porque você lhe deu razões para ficar e o deixou livre pra ir, e ele escolheu ficar... O que importa não são os motivos aparentes, e sim as razões fincadas na alma! Eu tenho meu "alguém", e se você também têm, então valorize. Para se ter, tem que se doar também, se você quer o melhor de alguém, então lhe dê o seu melhor também. Se você quer que esse alguém fique ao seu lado pra sempre, então lhe dê mais que razões para permanecer ao seu lado. Afinal, há razão mais forte para permanecer ao lado de alguém, do que amor? Amar e receber de volta todo esse amor, carinho e atenção que dedicamos a alguém, já é mais que motivos suficientes para ficarmos ao seu lado e não querer sair nunca mais, independente que quaisquer turbulência que se venha a passar.

O que necessitamos e precisamos de verdade, é que alguém que fique ao nosso lado, nos abrace forte, segure em nossas mãos e diga: "Eu estou aqui".

Eu mais que amo meu "alguém", Ícaro Aita!




Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "Inspiração - Liah Soares"
Ilustração: Google Imagens.

domingo, 29 de junho de 2014

Fogueira de prazer


É assim que estás
Despido em minha frente
Me olhando, me querendo
Entregue em teu braços
Despida, nua, só tua...

E no encontro de línguas  
Esqueço-me do mundo,    
Entrego-me sem medo     
Me faço refém do desejo  
E sou tão apenas tua!     

Um beijo desce por teu corpo
Minha boca e língua torneiam 
Cada pedaço e curva do teu corpo
Que tão quente de desejo
Incendeia ardente o meu
E derreto-me por ti...

Tuas mãos em meu corpo  
Deslisa entre meus seios,     
Passeia por minhas pernas,
Possui fogo em tuas mãos  
Sinto molhado meu corpo  
Que já não resiste a ti...      

Numa procura de prazer
Meu corpo desesperado
Procuro por teu encaixe
Encontra minha entrada,
Entre sussurros e gemidos
Tão meus quanto teus...

Numa fogueira de prazer,        
Coração e alma estremessem     
Surge um cheiro perfumado      
Exalando nosso quarto             
É o resultado perfeito                
Do nosso ardente desejo,           
Um gozo indomável de prazer...



*IRGA*




Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "Se eu te pego, te envergo - Sorriso Maroto".
Ilustração: Google Imagens.

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Me deixe aqui, com minha dor!


As pessoas são tão egoísta, que se tornam incapazes de ver o que está nas entrelinhas. As vezes, queremos tanto a atenção de alguém, que as pessoas acham que só são importantes a nossa vida, se falarmos a elas um livro em uma conversa, e se esquecem que muitas vezes, a melhor conversa que podemos ter com alguém, é ficar sentada ao seu lado em silêncio... Nos tornamos tão invisíveis, que as pessoas da nossa própria convivência, não conseguem entender o porque de algumas de nossas atitudes, e ainda nos julgam, como um condenado a sofrer, no corredor da morte. E fazem isso como se nunca tivessem errado na vida. Expõem nossos erros e fraquezas, como se seus pecados não existissem, e são tão desumanos, que são incapazes de nos estender a mão, sem que já estejam esperando tirar alguma vantagem disso, e ainda nos empurram ladeira abaixo e ficam assistindo nossa queda, como um espetáculo prazeroso... Mundo mesquinho e mízero esse nosso, onde só se vale o que se tem, onde "amor" mudou de nome e passou a chamar-se de "dinheiro". Carinho passou a se chamar "sexo", e amizade entre duas pessoas quase não existe mais... Daqui a alguns dias não, aliás já é assim, já não somos mais apresentados pelos nomes, e sim pelo que temos (este é o dono de tal bem, esse é o empresário tal, diretor de tal empresa...), nomes? Este vem depois de fazerem um "relatório financeiro" sobre nós... Já não somos mais lembrados por um abraço, por carinho, por um ato de amor, e sim, pelo que podemos se úteis a alguém... Mundo nojento esse, onde as famílias não se amam mais, se suportam. Não há diálogo e nem gentileza, só brigas, contendas e competição. Não existe mais respeito, não se pedem a bênção e não há amor, carinho, consolo... Onde sair de casa é um alívio, porque a convivência se tornou insuportável e dentro de um lar, se é que se pode ser chamado assim, não há uma gota seca de paz... Nem sempre há em mim vontade de lutar... Sobreviver as vezes tornou-se questão do destino, e viver já se é tão distante, quando abrir os olhos em um novo dia dói, porque de novo não há nada. E a vontade de transformar um dia qualquer em um dia feliz e diferente já não existe, porque já não há motivos pra isso... Os dias bons e felizes se tornaram cada vez mais raros, e sorrisos é apenas uma forma de se esconder as lágrimas da alma, e se manter de pé todos os dias, é apenas uma armadura para esconder a dor insuportável que trago comigo escondida dentro de mim... Mas no fundo, bem lá no fundo, ainda respira uma esperança de tudo mudar... E é isso que ainda me mantem viva, o que ainda me dá vida. Sabe aquela esperança boba, de está ao lado da pessoa mais especial que há no universo pra você? De sentir o cheiro, tocar seus cabelos, ouvir sussurros baixinhos me acordando pela manhã, ter toda noite seu calor, conversar abraçadinhos e dormir agarradinhos... A esperança boba e ao mesmo tempo, única que me move, de um dia ser feliz, e arrancar do meu peito essa dor e tatuar felicidade, encima de cada cicatriz infeliz, que a vida cravou em mim... Eu poderia sair por aí, sorrindo e cantando, fingindo ser forte e que está tudo bem, hoje eu poderia refazer a maquiagem, colocar uma roupa bonita, usar meu salto mais alto e ir a balada... Hoje eu poderia fazer todos a minha volta rirem com minhas piadas sem graça e meu jeitinho moleca... Hoje eu poderia sentar e escutar os problemas e histórias dos outros, dar conselhos e ajudá-los e encontrar as soluções pra seus problemas... Mas não, hoje não! Estou cansando de ser fortaleza pra os outros e não ter nem um ombro amigo verdadeiro pra chorar. Estou farta de fingir que sou de lata... Caramba, que mundo de cão, de cão mesmo, porque tem cachorro que tem vida de rei e humano com vida de alma penada sem direito a nada... Me deixem aqui no meu canto, sentada embaixo do choveiro, com o som bem alto, tão alto que não escuto nem meus pensamentos, e me deixe chorar... Hoje eu só quero ficar quietinha e chorar tudo que dói aqui dentro, me deixe soluçar até perder o fôlego, chorar a dor que nem eu mesma sei o que é, chorar minhas amarguras, cohorar minhas amargas e secretas amarguras e desilusões... Me deixe suforcar nas palavras que eu nunca disse, e dormir eternamente, no meu sonho bom adormecido... E não me acorde, não me deixe despertar, me deixe aqui no meu cantinho, chorar até adormecer e adormecer pra nunca mais acordar. E no meu sono eterno, no meu sonho bom te encontrar, longe de toda essa amargura, e quem sabe ser feliz, mesmo sem acordar... 




Autora: Daiane Vieira.
Música de Fundo: "Pôr do sol - Sorriso Maroto".
Ilustração: Google Imagens.